Papel de Parede: Por que usar e quais as diferenças?

Papel de Parede: Por que usar e quais as diferenças? 1

Papel de parede é um dos revestimentos mais antigos usado na decoração. No início, por ser um material de difícil acesso com custos elevados e produção manufaturada, era encontrado somente nos palacetes da alta sociedade. Após a modernização da indústria, o que causou a baixa nos custos deste produto, este revestimento se tornou mais popular.

Com as tecnologias atuais são encontrados papéis de parede confeccionados em diversos materiais, cada um com suas particularidades. Dentre eles, os mais conhecidos são os papéis vinílicos/vinilizados e os papéis de parede adesivos.

Vou te dar 5 motivos para usar papel de parede na sua decoração!

Papel de Parede: Por que usar e quais as diferenças? 2

1 – O valor investido é menor que a maioria dos outros revestimentos.

Como já foi dito, com a modernidade da tecnologia, papel de parede se tornou mais popular e possui um valor inferior a vários outros tipos de revestimentos do mercado, se comparado, por exemplo, a cerâmicas, pedras e placas de gesso.

2 – Você não precisa fazer obras.

Aplicar o papel de parede é muito mais fácil, não vai ser necessário fazer nenhum tipo de obra. Sem sujeira, sem dias intermináveis de quebradeira e pessoas estranhas na sua casa. É um trabalho executado em poucas horas e o ambiente sai renovado.

Papel de Parede: Por que usar e quais as diferenças? 3

3 – Simplicidade da aplicação, você mesmo pode fazer.

Já falei sobre a facilidade de não ter obras. Mas outro fator determinante é a simplicidade! Você mesmo conseguirá fazer sozinho, sem contratar profissional para isso. Basta ter um pouquinho de habilidade manual e paciência. É claro que, um profissional experiente irá entregar um resultado perfeito em menos tempo, mas é possível se arriscar sim, e obter um resultado incrível.

4 – Diversidade de estampas

Inúmeras são as possibilidades de estampas dos papéis de parede. Pode-se imprimir praticamente tudo em papel de parede hoje em dia. Desde modelos mais delicados e simples, florais, infantis, madeira e até modelos 3D imitando tijolos, placas de gesso e pedras! Ou seja, qualquer revestimento pode ser substituído pelo papel de parede.

5 – Facilidade de remoção.

Tão simples quanto aplicar o papel de parede é removê-lo. É só puxar começando das extremidades! Sem segredo nenhum, levanta uma ponta e começa a puxar. Uma dica para ajudar e facilitar ainda mais é usar um secador de cabelos. Use na posição quente para aquecer a cola do papel, desta forma ela ficará mais maleável e ajudará na remoção.

Neste ponto talvez surgirá a dúvida: O papel de parede irá danificar minha parede quando for removido? E a resposta é, provavelmente sim. Não é possível garantir que a remoção não irá danificar a parede, pois depende muito da qualidade do acabamento. Mas se danificar, somente irá arrancar tinta. O que não é nada se comparado a outros revestimentos.

E agora, para não restar mais dúvidas…

Papel de Parede: Por que usar e quais as diferenças? 4

Quais as diferenças entre Papel de Parede Vinílico/Vinilizado e Papel de Parede Adesivo?

Os papéis de parede vinílicos e vinilizados são os mais tradicionais vendidos, em sua maioria, no rolo com 10m. Sua base é de celulose e sua impressão é feita com tinta vinílica. Duas características diferenciam o papel vinílico do vinilizado.

O papel de parede vinílico apresenta textura diferenciada e uma camada de pvc, o que deixa este produto mais grosso e mais resistente à luz, calor e umidade. Papéis de parede vinílicos podem ser limpos com pano úmido e sabão neutro. Já os papéis vinilizados, não possuem estas características. São mais simples, menos resistentes e por este motivo são produtos mais baratos.

Tanto papel de parede vinílico como o vinilizado são aplicados da mesma forma, com cola em pó própria à base de água. Possuem coleções fechadas, ou seja, normalmente as estampas são mais limitadas.

Papéis de parede adesivos são confeccionados em vinil adesivo, um material sintético com textura plástica (PVC). Assim como o papel de parede vinílico pode ser limpo com pano úmido e sabão neutro. Por possuir esta característica plástica, o papel de parede adesivo pode ser aplicado até em áreas molhadas como banheiros, cozinhas e lavanderias, desde que a aplicação seja feita da forma correta, impedindo que a água entre atrás do adesivo.

Este tipo de papel de parede tem ganhado grande espaço no mercado por não precisar de cola na aplicação (é um produto que já possui cola bastando aplicar na superfície), e pela imensa diversidade de estampas.

Uma característica importante de ser citada neste tipo de papel de parede é que eles são mais finos, não possuem textura e precisam de uma sobreposição para fazer a aplicação, ou seja, essa sobreposição pode ser perceptível, dependendo da estampa, cor da parede e iluminação do ambiente. Normalmente é uma característica bem discreta que não atrapalha no resultado final da aplicação.

Mas afinal, qual desses tipos é o melhor?

Acredito que cada tipo de papel de parede tem seus pontos positivos e negativos e o melhor é aquele que se adequa à necessidade.

Leve em consideração o local onde será aplicado e analise todas as características, custos, estampas e o local a ser aplicado para decidir qual dos produtos será melhor para seu caso.