Aromaterapia: guia absolutamente completo!

Fricção corporal Distribua de 10 a 20 gotas de óleo essencial pelo corpo e friccione com vigor. Evite as regiões próximas dos olhos e áreas genitais.

A aromaterapia é a ciência que busca curar e equilibrar o organismo por meio dos aromas. Descubra como usá-la no seu dia a dia!

Já pensou em tratar problemas físicos, emocionais e melhorar a sua qualidade de vida por meio dos aromas? Pois é justamente isso o que prevê a aromaterapia, uma ciência milenar que se baseia na fitoterapia (a área da medicina que estuda o poder das plantas medicinais para desenvolver medicamentos).

Apesar de não ser recente, somente agora a aromaterapia tem ganhado mais evidência, com pesquisas científicas que comprovam o seu poder para combater diversos males.

Quer saber mais sobre essa ciência? Então continue a leitura!

O que é aromaterapia?

aromaterapia

Como dissemos na introdução deste artigo, a aromaterapia é um ramo da fitoterapia, a parte da medicina que estuda o uso das plantas para o desenvolvimento de medicamentos.

Podemos entender a aromaterapia como a terapia do aroma (odor ou cheiro), utilizando para isso das propriedades dos óleos essenciais, visando restabelecer o equilíbrio e a harmonia pessoal.

Desde o início do século XX, a influência do aroma na nossa saúde mental e física tem sido estudada pela ciência. E essas pesquisas têm demonstrado que as moléculas presentes nos óleos essenciais possuem informações químicas capazes de promover o equilíbrio orgânico de maneira natural.

aromaterapia

Além de tratar doenças, a aromaterapia também ajuda a reequilibrar nossas emoções e trazer muito mais qualidade de vida para o nosso dia a dia, por exemplo, ajudando a reduzir o estresse e a ansiedade a até a combater questões como insônia, mente muito agitada, compulsão alimentar e os sintomas da depressão.

Como a aromaterapia funciona?

como funciona a aromaterapia

É importante ressaltar que a aromaterapia deve ser usada junto de tratamentos alopáticos ou homeopáticos, ajudando a potencializar os resultados. Ou seja, se você tem depressão, por exemplo, é fundamental continuar com o seu tratamento psicológico e psiquiátrico – e usar a aromaterapia para conseguir ter resultados ainda mais interessantes.

Os tratamentos com aroma são sempre personalizados e baseados nas necessidades de cada pessoa, já que para cada situação existe um óleo essencial mais ou menos indicado.

aromaterapia

O processo pelo qual esses aromas chegarão até o nosso cérebro podem ser variados, como banhos de imersão, massagens, inalações e outros que falaremos mais adiante neste artigo.

Independentemente do modo, a aromaterapia funciona basicamente da mesma maneira:

  • as propriedades dos óleos essenciais atingem o nosso sistema nervoso central;
  • ele processa essas informações e envia sinais para todas as partes do nosso corpo;
  • essas partes, por sua vez, vão executar as informações recebidas, por exemplo, mobilizar as células de defesa para conter um processo infeccioso, entre outras ações.

Por isso, é muito importante conhecer as propriedades dos óleos e fazer uma análise de cada paciente, buscando entender quais são suas queixas e como tratar essas situações.

Óleos essenciais x óleos vegetais: qual a diferença?

aromaterapia

Como você viu, temos falado bastante de óleos essenciais. E é importante salientar que eles são diferentes dos óleos vegetais. Então, vamos entender melhor essas diferenças?

Óleos essenciais

Graças à presença desses óleos que as plantas possuem seus aromas característicos. Eles são altamente voláteis, ou seja, conseguem passar do líquido para o gasoso de forma muito rápida.

Mas, além do aroma, esses óleos também conferem outras características às plantas, podendo funcionar regulando as funções metabólicas dos vegetais ou ainda com funções específicas como repelir predadores.

Os óleos essenciais podem ser obtidos de partes distintas das plantas, como das sementes, folhas, frutos e cascas – dependendo do que se pretende com o óleo. Após esse processo, eles passam por algumas alterações químicas e estão prontos para serem usados pela aromaterapia.

Quando usados por nós, humanos, esses óleos também possuem muitos benefícios, ajudando a cicatrizar tecidos, a combater infecções, a relaxar, a melhorar o sono, entre muitos outros.

Assim, podemos entender que os óleos essenciais é que são usados na aromaterapia.

Óleos vegetais

Apesar do nome ser parecido, os óleos vegetais são bem diferentes dos essenciais. E essa diferença já começa pela sua extração, já que eles são provenientes das partes gordurosas das plantas e prensados a frio.

Diferente dos óleos essenciais, os vegetais não possuem um aroma característico, mas são ricos em vitaminas e em propriedades emolientes, ajudando na nutrição e também na hidratação da pele.

Eles estão presentes em cosméticos e até em algumas terapêuticas, por exemplo, na fabricação de sabonetes e cremes que também contam com óleos essenciais – e além de tratarem a pele podem ser usados como uma forma de aromaterapia caseira.

Quais os benefícios da terapia do aroma?

Depois de ler os tópicos anteriores, já deu para notar que a aromaterapia possui muitas vantagens, não é mesmo? Como ela é uma terapia natural, não utiliza nenhum medicamento alopático.

Mas, apesar disso, é sempre importante conhecer muito bem os óleos essenciais, pois eles também podem oferecer riscos se não usados corretamente.

Veja alguns benefícios da aromaterapia para a sua saúde física e mental:

  • redução do estresse e da ansiedade;
  • melhora do humor;
  • ação cicatrizante, antibacteriana e antifungicida;
  • ajuda a melhorar a memória e aumentar os níveis de energia;
  • melhora o combate à infecções;
  • promove alívio das dores de cabeça;
  • melhora a qualidade do sono;
  • fortalece o sistema imunológico;
  • possui efeito analgésico, aliviando as dores;
  • ajuda a digestão.

Quais as propriedades dos óleos essenciais?

aromaterapia

Já está convencido de que a aromaterapia é uma ótima maneira de melhorar a sua saúde e a sua qualidade de vida? Veja as propriedades de alguns óleos essenciais.

Alecrim

É indicado para melhorar o humor e também para atrair boas energias e vibrações para a sua casa ou ambiente de trabalho. Além disso, o alecrim também pode ser usado por quem está enfrentando problemas no couro cabeludo.

Canela

Funciona como um estimulante, melhorando o nível de atenção e pode ser usado nos ambientes de trabalho ou de estudo. Nos relacionamentos, o óleo essencial de canela funciona como um potente afrodisíaco e em casa pode ser usada para manter o clima em alta.

Camomila

É ótima para acalmar as tensões, aliviando o estresse, reduzindo a ansiedade e ajudando em casos de insônia ou de sono muito agitado. O aroma da camomila ainda favorece ao bem-estar e ao relaxamento.

Lavanda

O óleo essencial de lavanda é muito indicado para quem tem problemas digestivos, ou exagerou em alguma refeição e agora está se sentindo indisposto. Também pode ser usado por quem precisa fortalecer o sistema imunológico, ajudando a fortificar as defesas do corpo e a ampliar o bem-estar.

Laranja

É um óleo potente para estimular a criatividade, a força física e o desempenho, sendo muito indicado para quem precisa de uma “mãozinha” para enfrentar dias difíceis de trabalho ou ainda deseja inovar.

Eucalipto

O óleo essencial de eucalipto é excelente para aliviar os problemas respiratórios e as congestões nasais, e ainda ajuda a revigorar todo o organismo.

Gengibre

O gengibre é um fortificante conhecido há muitos anos e o óleo essencial também pode ajudar a melhorar a concentração – ideal para estudantes e trabalhadores que usam a força mental.

Cardamomo

Esse óleo possui função digestiva e analgésica, amenizando as dores musculares e melhorando os desconfortos do trato digestivo. Além disso, também pode ser usado como afrodisíaco.

Jasmim

Tem ação calmante, tanto da parte mental, como muscular. Consegue promover uma sensação de bem-estar, mas sem funcionar como sedativo.

Rosa

Indicado para o tratamento de problemas de autoestima e quadros depressivos. Além disso, ainda oferece melhoras para problemas no sistema circulatório, nervoso e digestivo.

Manjericão

É um óleo muito versátil que ajuda no tratamento de várias enfermidades, como: prisão de ventre, má digestão, dor de garganta, insônia, ansiedade e cólicas.

Como usar a aromaterapia no meu dia a dia?

aromaterapia

Os óleos essenciais possuem muitas funções capazes de melhorar nossa saúde física e mental, mas como usá-los no nosso dia a dia para conseguir todos esses benefícios? Veja algumas ideias!

Aromatização de ambientes

Para isso, você precisará de um difusor de ambientes. Depois é só pingar mais ou menos 12 gotas do óleo essencial da sua escolha e colocar o difusor em algum ponto importante da sua casa. Por exemplo, para problemas de insônia, você pode colocá-lo no seu quarto.

Banho de imersão

Você poderá dissolver de 7 a 21 gotas de óleo essencial em 3 colheres de sopa de leite de coco e colocar essa mistura na água da banheira ou do ofurô. Mas, atenção: nunca use o óleo essencial sem diluí-lo, porque ele pode queimar a pele.

Compressa local

Pingue de 5 a 10 gotas do óleo essencial da sua escolha em 1 colher de sopa de óleo vegetal e dissolva na água quente ou fria. Use uma toalha para aplicar a compressa.

Bochecho

Atenção, porque para essa aplicação você deverá optar por um óleo essencial que não seja dermoagressivo. Então, pingue 3 gotas desse óleo em um copo de água. Não engula.

Banho de assento

Dilua 10 gotas de óleo essencial em 5 colheres de sopa de leite de coco e adicione água fria ao banho de assento.

Escalda pés

Dilua 15 gotas de óleo essencial em uma colher de sopa de óleo vegetal e coloque em um balde ou ofurô de pés.

Inalação

Pingue 3 gotas de óleo essencial em um lenço, 5 gotas no inalador próprio para aromaterapia ou 2 gotas no pulso (friccione com o pulso da outra mão).

Travesseiros e lençóis

Aplique 2 gotas de óleo essencial nos travesseiros e cerca de 4 gotas no lençol. Mas, atenção, nunca use óleo dermoagressivo no travesseiro.

Fricção corporal

Distribua de 10 a 20 gotas de óleo essencial pelo corpo e friccione com vigor. Evite as regiões próximas dos olhos e áreas genitais.

Vaporização

Pingue entre 8 a 15 gotas de óleo essencial em uma vasilha com água quente. Cubra a cabeça com uma toalha e inspire profundamente até a água esfriar.

Como você viu, a aromaterapia possui muitas utilidades e aplicações, ajudando a melhorar nossa saúde física e mental e proporcionando muito mais bem-estar e qualidade de vida.

Ainda tem alguma dúvida sobre este conteúdo? Aproveite e deixe um comentário pra gente!

 

Continue lendo em nosso site:

Deixe um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.